meadow-677878_1920

Escolha a persistência, não a perfeição.

Escolha a força, o desempenho, não a exaustão;

Escolha a simplicidade, a sustentabilidade e a clareza mental, não a besteira e a comida confortável.

Opte por se concentrar nas coisas que você pode fazer, não naquelas que você não pode.

Escolha uma ação decisiva, não um planejamento implacável.

Escolha assumir o controle, e não ceder às circunstâncias variadas.

Escolha reclamar menos e fazer mais, não perca energia se queixando.

Escolha a saúde e aptidão como parte importante da sua vida, mas não algo que a domine ao ponto de lhe causar sofrimento.

Escolha autocompaixão como uma resposta aos seus deslizes e erros, não a condenação e o automartírio.

Escolha a flexibilidade, não a obsessão.

Escolha a adaptação frente às circunstâncias, não desista completamente.

Escolha fazer o que tem que ser feiro, não se distrair com tudo o que pode ser feito.

Opte por se tornar a melhor versão de si mesma todos os dias; não se compare a ninguém.

Escolha os objetivos, valores e métricas que são importantes para você e não o que a sociedade considera digno.

Escolha o empoderamento, não a punição.

Escolha consciente, de forma consistente, opte por pequenas melhorias. Esqueça o pensamento de sucesso rápido.

Escolha para tornar o processo a sua própria recompensa, não conte com o destino para fornecer felicidade.

Você está continuamente fazendo escolhas. Escolhendo, ativamente, o tempo todo. Se o hoje não te traz o resultado que você esperava, mude suas escolhas. Você pode fazer isso todos os dias.

 

 

 

 

[MOTIVAÇÃO] Suas escolhas é que fazem a diferença!
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *